quarta-feira, 7 de agosto de 2013

MANUSEIO E UTILIZAÇÃO DAS TALHAS

1- DEFINIÇÕES

TALHAS
  • Talhas não são ferramentas são equipamentos, por isso devem ser manuseadas e  cuidadas como tal, para se tirar o máximo de rendimento delas.
  • As  talhas  podem  ser:  manuais  ou  acionada  por  motor  elétrico,  a  talha  é  o  equipamento de força e içamento, tendo seus limites de capacidade.
  • Fabricadas  para  atender  solicitações  nas  áreas  onde  é  necessário  tamanho  e  peso reduzido e que exijam segurança e rendimento.
  • Utilizadas  em:  Estruturas  e  montagens  industriais,  construção  e  manutenção,  no arraste e estiramento de cargas. 
  • As  talhas  manuais  são  aplicadas  normas  de  fabricação  (ABNT  –  Associação Brasileira de Normas Técnicas).
  •  
1- NBR 10.401 – Talhas de corrente com acionamento manual.
2- NBR 10.402 - Talhas de corrente com acionamento manual. (Testes mecânicos)

3- NBR 1.316 – Critério de utilização de talhas de correntes com acionamento manual.

2-TALHAS






1)  Talha  de  alavanca  –  acionamento  do  movimento  é  feito  através  de  uma  alavanca lateral.
2)  Talha  de  corrente  –  acionamento  do  movimento  é  feito  através  de  uma  corrente metálica. 




3-OPERAÇÃO COM TALHAS (RECOMENDAÇÕES)


Figura 1 – Trabalhar sempre com a carga alinhada na vertical.
Figura 2 – Não suspender a carga com inclinação excessiva.
Figura 3 – Antes do içamento da carga, verificar se o gancho está fixado e centralizado com segurança, evitar colocar a carga na ponta do gancho para evitar sua deformação.

Posicionamento do gancho




Figuras 4 e 5 – Os ganchos fixados à carga,aparecem da forma a sofrerem cargas laterais podendo muitas vezes ser bem acima da capacidade prevista para o trabalho, e na figura 6, a carga estará toda concentrada na ponta do gancho. São nessas  circunstâncias que acontecem acidentes causados por rupturas ou abertura do gancho.






Posicionamento da corrente e lingas



Figura 7 – Não torcer as correntes, estas devem estar sempre alinhadas, sem dobras, torções ou trançamentos.
Figura 8 – Não dar volta com o moitão entre as correntes.
Figura 9 – Não amarrar a carga com corrente da talha. No caso de talhas de alavanca evitar  oscilações para não haja deslizamento da carga. 
Figura 10 – Na utilização de lingas, observar que o ângulo máximo de trabalho não ultrapasse 2 x 45º, abertura entre lingas 90º.


Uso correto da talha diante de carga







Figura 11 – Não sobrecarregar a talha. Antes de qualquer operação, verifique com segurança a carga a ser levantada (peso), para que se escolha o equipamento adequado (capacidade da talha). A carga jamais deverá ultrapassar a capacidade  nominal da talha.

Figura 12 e 13 – Não de deve levantar ou abaixar excessivamente a carga.

Cuidados e conservação de talhas



Figura 14 - Evitar maus tratos com equipamento, evitar joga-la, arrasta-la e etc.
Figura 15 – Após o uso lubrificar a corrente de carga e todas as articulações dos ganchos, não lubrificar as lonas de freio, guardar o equipamento em local protegido.
Figura 16 e 17 – Verificar se a altura de elevação descrita na placa de identificação é suficiente para levantar ou abaixar a carga. No caso da figura 16 a corrente foi insuficiente, na figura 17, a metragem da corrente houve sobra.

OBSERVAÇÕES:

A)  NÃO DESMONTE OU FAÇA QUALQUER REPARO COM A TALHA CARREGADA.

B)  NÃO LUBRIFIQUE O FREIO, MAS RETIRE OS MATERIAIS ESTRANHOS.

RECOMENDAÇOES GERAIS

·         Limpeza – A limpeza das talhas é papel preponderante para o bom funcionamento dos equipamentos,  principalmente  em  locais  carregados  de  poeira  oxidante  e  abrasiva (minério), terra ou lama.

·         Lubrificação – A lubrificação deve ser de acordo com a intensidade de uso e condições do  ambiente de  trabalho, bastando  aplicar  graxa  nas  partes móveis,  a  fim  de  se  obter melhor desempenho dos equipamentos.

·         Carga Nominal – Verificar sempre exatamente a carga de trabalho, pois, não deverá em hipótese alguma ultrapassar a capacidade nominal da talha.
·         Cuidados  –  Deve-se  sempre  verificar  se  a  carga  não  esteja  impedida  por  qualquer obstrução.
·         Segurança  –  O  operador  deve  sempre  se  situar  em  lugar  seguro,  de  acesso  fácil  à corrente de acionamento, e que lhe permita boa visão da talha e da carga.

Talhas de alavanca: 
Manuseio: 1 – Não se deve forçar a ROSETA tentando girá-la quando a talha estiver 
                       tensionada pela carga.
                 2 – Em hipótese nenhuma se deve aumentar a alavanca de acionamento com 
                       canos adicionais. O acionamento já é suave para levantar a carga nominal.
                 3 – Nunca retire a argola de fim de curso.



3-GUINCHO DE ALAVANCA (TIRFOR)



   Os guinchos de alavanca são utilizados para içamento e tração de cargas, mediante cabo de aço. Tirfor é o nome da empresa que patenteou o equipamento.
     Manobrados por apenas um homem, por  meio  de  uma  alavanca  telescópica,  permitem levantar,  descer  ou  puxar  as  cargas  mais  diversas  em  quaisquer  direções  e  distâncias ilimitadas.
     Substituem vantajosamente guinchos e talhas em todos os usos semi-fixos.

APLICAÇÕES

- Arraste de cargas, mesmo a longas distâncias.
- Montagens industriais e de estruturas
- Levantamento de cargas
- Operações portuárias
- Agricultura

     Trabalha  em  qualquer  direção,  comprimento  ilimitado  do  cabo,  precisão milimétrica  na manobra  dispositivo  de  segurança  para  excesso  de  carga,  peso  e  tamanho  reduzidos, manutenção facilitada.

Multiplicação da capacidade:
     Conforme o emprego de polias e moitões, cadernais e etc, este número  teoricamente não tem  limite,  entretanto  aqui  aparece  um  esquema  para  montagem  tripla,  bastante  viável  na prática. Mas com o atrito se tem uma perda da capacidade de 15%.

 Q = uma vez a carga

2Q = duas vezes a carga

3Q = três vezes a carga


RECOMENDAÇOES GERAIS

·         Limpeza  –  Tratando-se  de  equipamento  que  trabalha  normalmente  em  ambiente poluente,  torna-se necessário uma  limpeza  e  lubrificação,  tanto mais  freqüente quanto maior for à contaminação. Para executar este trabalho, remove-se as tampas retirando os parafusos, não é necessário desmontar os blocos dos mordentes, basta lavar o conjunto em detergente, para remover a graxa contaminada.
·         Lubrificação – A lubrificação deve ser de acordo com a intensidade de uso e condições do ambiente de  trabalho aplica-se nova camada de graxa após a  lavagem e  finalmente recoloca-se as tampas.
·         Carga Nominal – Verificar sempre exatamente a carga de trabalho, pois, não deverá em hipótese alguma ultrapassar a capacidade nominal do guincho de alavanca.
·         Cuidados  –  Deve-se  sempre  verificar  se  a  carga  não  esteja  impedida  por  qualquer obstrução.
·         Segurança  –  O  operador  deve  sempre  se  situar  em  lugar  seguro,  de  acesso  fácil  à alavanca e que lhe permita boa visão do guincho, do gancho e da carga.






INSTRUÇÕES GERAIS

Manuseio: 1 – Levantamento ou arraste de cargas – Verificar se o cabo de aço está  alinhado ao sem nós, torções ou qualquer deformação.
                   2 – Não aumentar a alavanca telescópica de acionamento com canos adicionais.
                   3 – Quando quebrado o pino de segurança contra sobre carga, substituí-lo por outro original que se encontra na alça carregadeira, nunca por parafusos ou outro elemento qualquer.Outras informações de manuseio, serve as mesmas condições do funcionamento das talhas manuais.

PROCEDIMENTOS DE OPERAÇÃO
  • Antes da operação o operador deve  fazer uma  inspeção visual na carga, acessórios de movimentação de carga e no equipamento.
  • Certifique que não há pessoas sob a área de movimentação de talha;
  • Observe se há necessidade de isolar a área de trabalho;
  • Verifique as condições dos cabos de aço;
  • Verifique as condições da manilha;
  • Verifique as condições das lingas (cabo de aço, corrente ou de nylon);
  • Verifique as condições dos olhais;
  • Verifique as condições do aparelho de lingar.

PROCEDIMENTOS PASSO A PASSO
  • Aproxime-se da carga;
  • Avalie peso e demais condições da carga;
  • Conheça a capacidade do equipamento;
  • Selecione o cabo de aço auxiliar de acordo com o tipo de carga e peso. Verifique ângulo
  • dos cabos. Consulte a tabela de pesos e capacidade dos cabos;
  • Fixe a carga adequadamente;
  • Proceda ao içamento lentamente e com cuidado;
  • Levante  a  carga  um  pouco,  se  ela  inclinar  para  um  dos  lados,  abaixe-as  e  acerte  o
  • balanceamento;

ALGUNS EXEMPLOS DE APLICAÇÕES DO GUICHO DE ALAVANCA










4          APROVAÇÕES:
Elaborado por:
Aprovado por:
         Gilcimar Santos de Andrade
Técnico Segurança do Trabalho


          Rodrigo V. Machado
Gerente Operacional


2 comentários:
Write comentários
  1. Patente- Cavalete Tripartido 27-99968-0838
    www.tripartido.wix.com/cavalete

    ResponderExcluir
  2. Patente- Cavalete Tripartido 27-99968-0838
    www.tripartido.wix.com/cavalete

    ResponderExcluir

Assine nossos Feed RSS
Se inscreva abaixo !